Moodle – Descrição geral

Moodle é uma plataforma e-Learning para gestão da formação online. É uma plataforma modular aberta (open-souce) que pode suportar novos blocos e funcionalidades.

As principais funcionalidades da Moodle são indicadas a seguir:

Moodle – Principais funcionalidades

Com a plataforma Moodle é possível:

  • Registar formandos na plataforma . Esse registo pode ser manual, automático ou através de um ficheiro com logins de cada um;
  • Criar cursos e-learning e editar os seus conteúdos e atividades;
  • Inscrever formandos e formadores em cursos e organizá-los em grupos
  • Atribuir  perfis de acesso, nomeadamente Formando, Formador e Administrador, aos utilizadores da Moodle;
  • Monitorar os acessos dos utilizadores e o progresso dos formandos inscritos na plataforma Moodle;
  • Avaliar notas e o desempenho dos formandos nos cursos da plataforma Moodle.

Plataforma Moodle - Funcionalidades

Moodle – Tipos de utilizadores

A plataforma Moodle considera essencialmente três tipos de utilizadores: os formadores ou tutores, os formandos e os administradores.

Os formadores ou tutores podem fazer a gestão completa dos cursos e-learning que tutelam, incluindo a alteração das atividades e a avaliação dos formandos

Os formandos podem aceder aos conteúdos dos cursos em que se encontram inscritos. Podem escrever em alguns fóruns e realizar as atividades solicitadas na formação e-learning.

Os administradores podem executar todo o trabalho de administração da plataforma moodle, nomeadamente, alterar o aspeto do site, inscrever diferentes tipos de utilizadores, definir as suas permissões, etc.

Moodle – Controlo de acesso

Os utilizadores da plataforma Moodle possuem essencialmente três formas de acesso aos cursos e-learning, sendo que para cada um destes é possível configurar um dos seguintes tipos de acesso:

  • acesso livre para qualquer visitante que aceda à plataforma;
  • apenas para utilizadores que possuam o código de acesso para esse curso;
  • para os utilizadores que se identifiquem corretamente através de um nome de utilizador e uma palavra-passe.

Plataforma Moodle - Controlo de acessos

Moodle – Formas de inscrição/autenticação de utilizadores

Podem ser definidas várias formas de registo (autenticação) dos utilizadores e da sua inscrição nos cursos e-learning, nomeadamente:

  • Processo manual realizado pelo administrador inserindo os dados de cada utilizador ou através da leitura de um ficheiro com os login de todos;
  • Processo automático realizado pelo próprio visitante da plataforma Moodle;
  • A autenticação dum utilizador (nome e password) pode também ser feita automaticamente duma tabela duma base de dados externa. Podem depois ser copiados para a base de dados da plataforma.

Plataforma Moodle - Inscrição de utilizadores

Moodle – Atividades e recursos disponíveis

Além de controlar o acesso dos utilizadores aos cursos e-learning, a plataforma Moodle permite também criar e editar os conteúdos disponibilizados.
Cada um dos cursos da plataforma Moodle pode ser constituído por atividades e recursos de que destacamos:

  • O Trabalho é uma atividade Moodle que permite atribuir tarefas aos formandos como comentar um artigo ou enviar ficheiros até uma data limite;
  • O Chat Moodle permite, através da digitação de texto, a comunicação em tempo real entre participantes duma sessão síncrona.
  • O Referendo é uma atividade Moodle onde os formadores podem criar uma pergunta com opções para obterem a opinião dos formandos. Ex. Qual o seu clube favorito?
  • O Diálogo é uma atividade Moodle que permite uma comunicação assíncrona privada entre o formador e um formando ou entre formandos.
  • O Fórum do Moodle permite diálogos assíncronos, ajudando os formandos a esclarecer e desenvolver a sua compreensão de um tema.
  • A Lição  do Moodle permite criar e gerir um conjunto de “páginas ligadas”. Cada página pode terminar com uma pergunta que pode condicionar a progressão do formando.
  • O Glossário do Moodle que permite, com a colaboração de todos, compilar os termos mais usados num curso e-learning. Existem várias opções de representação, incluindo em lista, enciclopédia, FAQ, dicionário e outras.
  • Questionário é uma atividade do Moodle que permite criar vários tipos de questionários para avaliação ou para apoio aos formandos. Para avaliações exigentes, os questionários podem ter um tempo limite e as perguntas podem ser aleatórias.
  • Os Recursos Moodle permitem incluir conteúdos num curso e-learning como texto simples, ficheiros como imagens, videos ou PDFs, hiperligações. Permite ainda criar páginas HTML (através de um editor incorporado no próprio do Moodle.

Moodle – Possibilidades de customização

São inúmeras as possibilidades de customização do Moodle.
Alterar a funcionalidade da plataforma – alterar o layout do site, incluindo ou removendo módulos da plataforma ou removendo, editando ou adicionando blocos HTML.
Alterar a aparência da plataforma – É possível alterar os esquemas de cores, os ícones, as formatações e as imagens de todas as páginas da plataforma.
Parametrizar a inscrição de utilizadores – Parametrizar a forma de acesso dos utilizadores à plataforma.

Moodle – Condicionar o acesso a atividades

Na Moodle 2, as actividades dum curso e-learning podem ser condicionais, isto é, podem configurar-se para que só estejam disponíveis para os alunos, depois de eles terem atingido uma classificação ou terminado outra actividade.

Plataforma Moodle - Acesso a atividades

Plataforma Moodle – Acesso a atividades

As actividades não disponíveis podem ficar completamente escondidas ou ou podem mostrar as restrições que lhe estão aplicadas.

Na imagem configura-se o recurso corrente para apenas ficar acessível depois de o aluno ter nota positiva nas atividades Teste sobre actividades e Teste utilização do Moodle.

Moodle – Controle da conclusão de actividades e cursos

Com o controlo de conclusão (só disponível a partir da versão 2 da plataforma Moodle) podem especificar-se condições para que um curso possa ser considerado concluído. Desta forma é possível controlar o progresso dos alunos ao longo de um curso e-learning na plataforma Moodle.

Plataforma Moodle - Controlo de conclusão

Plataforma Moodle – Controlo de conclusão

Normalmente um curso e-learning da Moodle só será marcado como concluído quando as suas atividades estiverem concluídas.
Pode também fazer-se depender a conclusão de um curso e-learning da Moodle da data ou da nota obtida pelo aluno no curso.
Um curso da plataforma Moodle pode ainda ser marcado como concluído pelo próprio aluno ou pelo professor.
Na imagem marca-se o curso Moodle como concluído se a atividade Quiz – Teste utilização do Moodle estiver concluída, a data for posterior a 15 de Julho e a nota do curso for superior a 50.